Luta-livre na Igreja?

Clubes de luta, reggae, campeonatos de surfe e até tatuadores estão atraindo cada vez mais jovens para as igrejas evangélicas do Brasil, afirma reportagem publicada jornal americano New York Times.

Sob o título "Noites de luta e reggae enchem as igrejas brasileiras", a reportagem descreve o recente crescimento das Igrejas Evangélicas no Brasil e a evasão de fiéis da Igreja Católica.

"(A igreja) Renascer em Cristo está entre o crescente número de igrejas evangélicas no Brasil que estão encontrando formas de se conectar com os jovens para aumentar seu rebanho de fiéis. De noites de luta a reggae, vídeo games e tatuadores no local, suas igrejas vêm ajudando a tornar o movimento evangélico o movimento espiritual que mais cresce no Brasil", diz a reportagem.[1]

O Pr. Dr. Augustus Nicodemus Lopes, presbiteriano, ao comentar a reportagem disse: Quando vejo hoje notícias como esta[...] percebo que criar novas igrejas fundadas em cima dos pressupostos, costumes e práticas de uma geração -- como por exemplo, o movimento das igrejas emergentes nos Estados Unidos e suas similares aqui no Brasil -- acaba levando a isto que estamos vendo, como a Renascer, tendo que promover sempre novidades, como luta livre, para atrair jovens e mantê-los na comunidade. Por outro lado, lamento que as igrejas tradicionais têm tido dificuldade em fazer adaptações mínimas que possam tornar mais fácil o ingresso desta geração em suas fileiras, como música contemporânea de boa qualidade e teologicamente sadia, liturgias centradas em Deus que ao mesmo tempo engagem o povo em adoração e reflexão, programações sociais e encontros atraentes e relevantes, com conteúdo e diversão, pontes para evangelização que nos coloquem em contato com esta geração e nos permitam levar-lhes de maneira relevante e significativa a mensagem sempre atual do Evangelho de Cristo.
Luta-livre em igrejas evangélicas como método de crescimento de igreja, embora nos choque, é a conclusão lógica da teologia pragmática que sustenta o movimento de crescimento de igrejas, que se pensava que estivesse defunto, mas eis que ressurge pelas pesadas portas abertas das igrejas emergentes. Nesta visão, vale tudo para encher igrejas. E aquelas que não estão dispostas a encher seus salões a qualquer preço, são vistas como retrógradas, sem o Espírito Santo, fechadas, etc.[2]

Fonte
[1]http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,noites-de-luta-e-reggae-enchem-igrejas-evangelicas-no-brasil-diz-nyt,435065,0.htm. Acesso em 03 de Nov. 2009.
[2] http://tempora-mores.blogspot.com/. Acesso em 03 de Nov. 2009

2 comentários:

  1. obrigada! por deixar um recado,fiquei feliz por vc ter visitado meu humilde blog,que Deus venha te abençoar grandiosamente em o nome do Senhor Jesus,fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Marisa, que o Senhor te faça feliz.É sempre um prazer aprender com os outros. Paz.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...