A Realidade do Conhecimento de Deus

Por A. Katz
O conhecimento de Deus é tudo. Se os homens continuarem durante séculos, voluntariamente ou por ignorância, a ter um conhecimento falso ou inadequado de Deus, tendo de fato rejeitado as revelações mais profundas e agudas que nos foram dadas por Ele, qual poderá ser o fim disso?

Precisamos compreender profundamente que o verdadeiro conhecimento de Deus não está a disposição do homem. Deus não é condescendente com os nossos termos. Ele não está esperando pela iniciativa e pelo pensamento do homem. Está escondido e se revela apenas em Seus próprios termos, pela Sua própria vontade, numa prontidão que Ele mesmo provê. Ele não se torna disponível em termos humanos, a não ser nos Seus termos. A menos que entendamos profundamente e apoiemos isso, a revelação de Deus não tem início.

Essa única coisa é tudo. Entender um Deus que está oculto e compreender que todas as coisas depender inteiramente d’Ele é o profundo fundamento da verdade. Não temos nada em nós para elogiar. Deus é Deus, e o homem é o homem. E, exceto pela condescendência de Deus para com o homem, os dois jamais se encontrariam. Conhecer Deus em verdade é conhecer as exigência de Deus em verdade – e isso não é conveniente para o homem.

Fonte
Katz, A. O Holocausto: onde Deus estava? São Paulo: Hagnos, 2002, pp.58, 61.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...