Opinião: Sobre a Humildade na Oração


Quando publicamos neste espaço o artigo A Oração de Neemias, uma de nossas leitoras publicou um comentário que, por sua profundidade e clareza, precisa ser trazido a público. Entender o a verdadeira utilidade da oração tem se tornado uma barreira cada vez mais difícil de superar. Leiamos o que disse a leitora:

É interessante a maneira que nos dirigimos a Deus, por vezes é próprio do ser humano pensar que Ele é obrigado a nos abençoar. Até porque são inúmeras as promessas que Deus tem feito ao seu povo, em especial a revelada mediante a Palavra e a que Ele nos faz coletiva ou individualmente. Daí não ser novidade que Deus se “obriga” a cumprir o que prometeu. Vejamos o significado da palavra PROMESSA, o dicionário Houaiss, 2004, define promessa como: compromisso oral ou escrito de realizar um ato ou assumir uma obrigação, p. extensão o que se promete. Talvez isso decorra do significado da palavra ou por conta de ensinamentos desprovidos de base bíblica. Tudo isso desperta no homem o direito de reivindicar a Deus aquilo que nos prometeu. Em outras palavras: Cumpra o que você me prometeu! Às vezes, sem inconscientemente queremos mandar em Deus. E toda essa demanda pode causar angústia, tristeza e até decepção, pressupondo que Ele tem OBRIGAÇÃO de conceder o que Lhe pedimos. Se não concedido, já sabe... Mas que nos coloquemos em nossa real posição, a de servos humildes, e reconheçamos sua soberania ao nos apresentarmos perante Ele. 

Célia Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...