Fé na Ciência e Fé em Um Deus Criador


Por Henry F. Schaefer

[...] As leis da natureza parecem como se tivessem sido selecionadas como os princípios mais simples e elegantes de mudanças inteligíveis do universo que apontam para um Deus criador soberano. Acreditar na inteligibilidade da natureza fortemente sugere a existência de uma mente cósmica, a qual pode construir a natureza de acordo com leis racionais. Dr. Keith Ward, professor régio da Oxford University, expôs bem em Abril de 1999:

“Portanto apelar a inteligibilidade geral da natureza, sua estruturação de acordo com princípios matemáticos os quais podem ser compreendidos pela mente humana, sugerem a existência de uma mente criativa, uma mente de vasta sabedoria e poder. A ciência não é verossímil iniciar se se pensa que o universo é somente um caos de eventos arbitrários, ou se se pensa que há diversos deuses competindo, ou talvez um deus que não está preocupado com elegância ou estrutura racional. Se se acredita nessas coisas, não se deve esperar encontrar leis gerais racionais, e assim provavelmente não se procurará por elas. Talvez não seja acidente que a ciência moderna realmente iniciou com a clara compreensão que o Deus cristão foi um criador racional, não um agente pessoal arbitrário.”

Eu necessito ser claro que não são somente pessoas simpatizantes com cristãos que reconhecem a notável inteligibilidade do universo. Por exemplo, Sheldon Glashow (prêmio nobel em Física, 1979) afirmou em 1990: “Muitos cientistas são profundamente religiosos de uma forma ou outra, mas todos eles possuem antes uma fé peculiar – eles possuem uma fé na simplicidade básica da natureza; uma crença que a natureza é, afinal de contas, compreensível e que deve-se empenhar-se para entende-la tanto quanto pudermos.” Entretanto, sem uma crença no Deus soberano do universo, pode-se projetar tais observações gerais em direções questionáveis. Por exemplo, Glashow continua: “Agora esta fé na simplicidade, que há regras simples – algumas partículas elementares, algumas regras quânticas para explicar a estrutura do mundo – é completamente irracional e completamente injustificável.”

Fonte: http://www.origemedestino.org.br/blog/johannesjanzen/?post=272 Título do editor do Blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...