Sobre Profetas e Professores

Por Francikley Vito 

O ensino e a aprendizagem não são ações apenas racionais e mecânicas, são atos que, para serem levados a efeito, exigem daqueles que os praticam uma entrega total e constante; essa verdade se mostra ainda mais contundente quando consideramos a ação educativa do âmbito cristão, com suas peculiaridades e desafios. Não trataremos aqui da segunda ação (a aprendizagem), mas tão somente da primeira (o ensino). Já dissemos, em texto anterior, que, quando o professor se levanta para dar sua aula, ele se coloca como um instrumento de transformação que atua nas múltiplas áreas de formação do aluno (Vito, 2011); nesta mesma oportunidade, traçamos as primeiras reflexões quanto ao assunto que será alvo do nosso pensar neste texto, a saber, as similaridades entre a pessoa do profeta veterotestamentário (do Antigo Testamento) e a ação do professor cristão na contemporaneidade. Ali dissemos que o professor se assemelha ao profeta, em um primeiro momento, etimologicamente, visto que os dois substantivos derivam da mesma raiz linguística latina (professor,óri). Assim, o professor, da mesma forma que o profeta, é alguém que transmite, que professa, suas crenças, valores e experiências de vida à sua classe. Porém a similaridade entre um e outro vão muito além das já expressas naquele trabalho. E é isso que intentamos mostrar no decorrer deste artigo; à luz da vida de um dos profetas mais conhecidos do Antigo Testamento, Jeremias.

Continue Lendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...